Uma equipe de cientistas japoneses idealizaram um idéia fabulosa. Oferecer cerca de 50% da energia que o mundo necessita, utilizando-se das areias do deserto do Saara. Batizada de “The Sahara Solar Breeder Project”, o plano prevê o desenvolvimento de plantas de fabricação de silício que será movido a energia solar e ainda produzir mais plantas para obter mais energia. É quase um “perpetum mobile” Eu disse quase!

Segundo as estatísticas, o sol oferece 10.000 vezes mais energia para a Terra do que as fontes atuais, o que significa que mesmo se aproveitar apenas 0,01% ele criaria um excedente. O plano é usar areia do deserto para fazer uma substância que fornece energia e que será a chave para resolver o problema energético. Embora a tecnologia para converter sílica no silício para os painéis solares ainda não exista, os pesquisadores estão confiantes de que ele é definitivamente plausível.

As pesquisas já começaram e vai exigir um gasto de ¥ 100.000.000 anualmente por cinco anos. O objectivo inicial da equipe de cientistas é a construção de uma usina solar com uma capacidade anual de pelo menos 100GW, o que realmente ajudaria a resolver boa parte dos problemas energéticos do mundo.

Fonte: http://www.dicasverdes.com/

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Compartilhe!
  • Print
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Yahoo! Buzz
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Add to favorites
  • email
  • LinkedIn
  • Live
  • Orkut
  • RSS
  • Technorati
  • Digg
  • MySpace
  • Tumblr

Artigos Relacionados: