O arquiteto japonês Shigeru Ban apresentou na sexta-feira, 13 de setembro, alternativas eficientes para construções urbanas, ao promover seu conceito inovador de uso de materiais renováveis e de baixo custo, como tubos de papelão e madeira.

Durante seminário no Rio de Janeiro, Shigeru Ban também avaliou o uso de materiais como bambu, concreto e aço na construção de casas e grandes edificações. “Não existe um material que seja melhor do que o outro, cada um tem sua viabilidade em situações diferentes”, afirmou o arquiteto, ao acrescentar que são bastante complementares a depender do efeito desejado.

Shigeru Ban, conhecido inclusive por seu trabalho voluntário em regiões afetadas por desastres em todo o mundo, também defendeu o uso eficiente de materiais renováveis em alojamentos de refugiados, os quais, com criatividade e inovação, podem ser feitos de forma eficaz e simples. Ele citou, por exemplo, a construção de tendas no Haiti ao custo de 15 dólares cada e de igrejas no Japão e na Nova Zelândia feitas de papelão.

Com a chegada dos grandes eventos esportivos no Brasil, notadamente a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016, ele ressaltou a necessidade de se pensar em construções eficientes que reflitam o caráter passageiro desses eventos, evitando assim gastos desnecessários de recursos e o desperdício de materiais.

Além de promover o debate sobre arquitetura eficiente, Shigeru Ban visitou o Brasil para tratar de uma possível cooperação com o governo brasileiro. Segundo a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, que fez os comentários finais do seminário, tal projeto envolveria o uso de madeira desmatada ilegalmente na Amazônia para projetos com a comunidade local, mas poucos detalhes foram mencionados.

Conheça mais obras desse arquiteto – http://www.shigerubanarchitects.com/works.html

 

www.onu.org.br

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Compartilhe!
  • Print
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Yahoo! Buzz
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Add to favorites
  • email
  • LinkedIn
  • Live
  • Orkut
  • RSS
  • Technorati
  • Digg
  • MySpace
  • Tumblr

Artigos Relacionados: