No dia 02/02/2014 das 13:30 as 14:45 os moradores e representantes de entidades locais se reuniram para dar continuidade ao Projeto Novo Buraco do Sapo.

A reunião foi na Sede da Associação de Moradores Jardim Novo Flamboyant e contou com a presença de 26 pessoas.

OBJETIVOS da reunião:

– Apresentação de proposta a comunidade;

– Resgate histórico da trajetória da comunidade;

– Apresentação do documento a ser enviado para prefeitura (em construção).

– Apresentação da ideia de iniciar o trabalho de reeducação ambiental.

Entre as principais discussões:

– Apresentação dos representantes dos serviços/instituições aos moradores;

– Contextualização aos moradores que estavam presentes pela primeira vez, de como se deu a origem do projeto e o que vem a ser a proposta de trabalho intersetorial;

– Todos os moradores presentes se apresentaram e mencionaram a quanto tempo moram na comunidade. A moradora mais antiga, presente na reunião, reside há 27 anos. Apesar de não mensurarmos efetivamente, estimamos a média de 15 anos de uma forma geral;

– Apresentação da Proposta de forma ampla;

– Alguns moradores se manifestaram apresentando suas angustias quanto ao descrédito por promessas do passado, não efetivadas. Conversamos sobre a proposta de trabalho conjunto, de apoio e não de “fazer por eles” e nem “fazer promessas”;

– Destacada novamente a comunidade a isenção de influências políticas e religiosas do projeto;

– Houve reconhecimento quanto a necessidade de mobilizarem hoje;

– Moradores colocam que as ruas são cadastradas, recebem correspondências, pagam luz e etc. e acreditam que além da parte que cabe a eles, sentem ausência quanto a responsabilidade do poder público (prefeitura);

– Moradores concordam em iniciarmos ações quanto a reeducação ambiental/lixo;

– Moradores concordam quanto ao conteúdo do documento a ser enviado para prefeitura         ( – Contextualização sobre o início do projeto, – Resgate histórico da Comunidade; – Solicitação de informações quanto a situação geográfica e demográfica da comunidade; Solicitação quanto a existência de algum projeto habitacional para os moradores em situação de risco ou não e apresentação da proposta do RECRIAR);

– Samuel (Visa Leste) explanou sobre os impactos do lixo;

– Foi apontado por um dos moradores a ideia de voltar a ter uma associação de moradores, ficando o presidente responsável pelas ações, mas logo refletimos sobre a dificuldade em se apoiar dessa forma e o projeto “morrer” em algum momento. Reforçamos a importância de responsabilizar a própria comunidade, com o maior envolvimento possível dos moradores.

Que Deus abençoe este Projeto e que ele se desenvolva em paz para o benefício de muitos seres.

Arq. Míriam Morata Novaes

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Compartilhe!
  • Print
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Yahoo! Buzz
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Add to favorites
  • email
  • LinkedIn
  • Live
  • Orkut
  • RSS
  • Technorati
  • Digg
  • MySpace
  • Tumblr

Artigos Relacionados: