Ele viu uma solução onde todos apenas viam problemas. Em uma mudança de perspectiva radical o arquiteto Michael Reynolds percebeu que pneus velhos, garrafas de plástico utilizadas, latas de alumínio e muitas outras coisas consideradas ‘lixo’ pela sociedade do consumo apresentam um potencial construtivo capaz de resolver simultaneamente problemas de habitação em escala global e reduzir consideravelmente índices de poluição sólida. A partir dessa percepção Reynolds desenvolve uma técnica de construção revolucionária a qual chama de Earthship (Naveterra). Seu princípio é a autosuficência de recursos energéticos e climáticos, e a manutenção dos espaços de vida em qualquer ambiente.

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Compartilhe!
  • Print
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Yahoo! Buzz
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Add to favorites
  • email
  • LinkedIn
  • Live
  • Orkut
  • RSS
  • Technorati
  • Digg
  • MySpace
  • Tumblr

Artigos Relacionados: