Apesar das chuvas fortes que caíram sobre várias cidades do Sudeste neste mês de março, os principais reservatórios da região, principalmente o Sistema Cantareira, ainda estão muito longe de atingir o volume desejado.

Por esta razão ainda é importantíssimo que a população se conscientize e aprenda a utilizar menos água no dia a dia. Hoje, o brasileiro consome em média 165 litros de água diariamente, enquanto a Organização Mundial da Saúde (OMS) indica que 50 a 100 litros seriam mais do que suficientes.

Para ajudar as pessoas a gastar menos água, a Aliança pela Água, coalizão de entidades preocupadas com a segurança hídrica do país, lançou  “Água – Manual de Sobrevivência para a Crise”. A publicação, disponível online, estimula a mudança de hábitos do consumidor através de dicas práticas e sugestões de economia.

Confira abaixo algumas destas dicas:

- armazene a água do chuveiro enquanto ela esquenta e a use para lavar louça e roupas;

- água do banho pode ser utilizada para limpeza da casa, rega de plantas e descarga sanitária;

- escovar dentes com meio copo ou menos;

- alimentos que serão cozidos ou comidos sem casca não precisam passar por esterilização;

- embalagens descartáveis que serão recicladas podem ser limpas com guardanapo sujo ou resto de papel;

- carros podem ser limpos com pano ou bucha úmidos e calçada só com vassoura.

O manual ensina ainda estratégias para sobreviver ao colapso, ou seja, caso falte água na sua casa por um longo período, quais devem ser os procedimentos neste caso.

A Aliança pela Água defende que a segurança hídrica do país depende de três fatores fundamentais: zerar o desmatamento, despoluir rios e recuperar parte da cobertura florestal do Brasil, a começar pelas áreas de manancial e margens dos rios. Além disso, governantes, junto com a sociedade civil, precisam fazer um planejamento de longo prazo – e sustentável – para a gestão da água.

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Compartilhe!
  • Print
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Yahoo! Buzz
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Add to favorites
  • email
  • LinkedIn
  • Live
  • Orkut
  • RSS
  • Technorati
  • Digg
  • MySpace
  • Tumblr

Artigos Relacionados: