Miriam

Este usuário ainda não compartilhou nenhuma informação biográfica


Artigos por Miriam

CURSO CAPACITAÇÃO MULHERES DA PAZ – 4 de junho

Na reunião de 4 de junho, abordamos o projeto de arquitetura. Como as mulheres não tem escalímetro, ou régua nós ensinamos a medir com o corpo. Medimos o comprimento de um passo e solicitamos que medissem suas casas utilizando passos.
Para realizar um primeiro esboço de projeto foi necessário definir o que significa escala – ou seja, a proporção entre a medida real e a representação no desenho, por ex. a escala 1:100 (um para cem) significa que o desenho é cem vezes menor que o real (1:1), ou, 1 metro do real é representado por 1cm da régua; essa escala é utilizada em Projetos de Prefeitura. Para o desenho da sala medimos o dedo indicador de cada uma e estabelecemos uma nova escala, 1:dedo, sendo que a medida do dedo representa 1 metro do real. Assim é possível fazer uma planta proporcional ao real, sem a necessidade de utilizar régua.
Em seguida ensinamos:
– representar as paredes com dois traços
– representação de janela descrevendo altura do chão e medida da janela
– representação de porta (abertura)
O exercício prático foi medir e desenhar a planta da sala de aula.
Solicitamos que fizessem uma planta das suas casas, identificassem os problemas e marcassem na planta, para que na próxima reunião pudéssemos conversar sobre esses problemas e tentar algumas soluções.
Conversamos a respeito da ideia da “Clínica de Arquitetura” – sugerida pelas professoras Dra. Lucila Chebel Labaki e Dra Doris Catharine Cornelie Knatz Kowaltowski, do Depto de Arquitetura e Construção da FEC UNICAMP.
Esse projeto está sendo elaborado e, em breve publicaremos mais detalhes. Solicitamos que os colegas arquitetos e engenheiros, ou estudantes da área que tiverem interesse em trabalhar conosco, como voluntários, na elaboração de diagnóstico de problemas e soluções sustentáveis para os as construções precárias em comunidades carentes, entrem em contato – miriam..br
No dia 11 de junho não haverá aula porque estaremos no Mutirão do Bixiga.

Artigos Relacionados:

  • nenhum artigo relacionado

VIRADA SUSTENTÁVEL BIXIGA

O evento foi organizado pelo Pastor Daniel e realizado no Recanto do Pedrinho, com a participação de um grupo de universitários de diversas áreas, membros da Comunidade Evangélica do Bixiga, amigos da comunidade e moradores de rua da região.
O pastor Daniel apresentou o trabalho do GT do Meio Ambiente – Rede Social Bela Vista, o grupo criou cartazes com o tema Sustentabilidade e foram distribuídos livros e videos para os moradores da região.
Participaram do evento, representando a RECRIAR.COM.VOCE Emilio, Marivalda e Míriam. A arq. Míriam apresentou o projeto da RECRIAR e novas propostas surgiram:
– Uma moradora de rua que participava da reunião, pediu que pensássemos nas condições daqueles que moram nas ruas. Foi sugerido que os moradores de rua se organizassem, para que fizéssemos uma oficina de construção de moradia portátil para que eles pudessem se abrigar no inverno, uma vez que são constantemente despejados da calçadas e praças cobertas. A casa utilizará material reciclado coletado pelos mesmos. Ficou combinado que a Míriam fará uma pesquisa e elaborará o projeto, para o próximo mês.
– Niltes Lopes, secretária executiva da Escola Vai Vai sugeriu que fizéssemos uma intervenção no espaço da Escola e, agendaremos uma reunião para elaborar a parceria para o projeto de um centro comunitário com materiais reciclados (pneus, garrafas pet, bambu, madeira de obra, etc.)
– Marli Marcandali, presidente da ONG JEAME, que faz trabalho de reintegração e reabilitação de crianças e adolescentes na Cracolândia, nos informou que está reformando uma casa que abrigará meninas, vamos agendar uma reunião para dar sugestões no projeto e execução da obra, priorizando a sustentabilidade e baixo custo de materiais e tecnologias.
Na última parte do evento, foram plantadas mudas de árvores nas ruas do Bixiga e as crianças da escola plantaram mudas de ervas medicinais no espaço do Recanto do Pedrinho.
Agradecemos a todos pela oportunidade de compartilhar este dia, com pessoas que tentam construir um mundo melhor.

Artigos Relacionados:

  • nenhum artigo relacionado